Em entrevista, o ex-prefeito Euvaldo diz que “enxerga coisas de maneiras diferente”, mas evita avaliar gestão do prefeito Genival; confira!

 Em entrevista, o ex-prefeito de Santo Antônio de Jesus, Euvaldo Rosa, falou sobre sua atuação política nos dias de hoje, seu papel dentro do grupo de oposição e até sobre uma avaliação da gestão atual.

 


Devido rumores, Euvaldo Rosa foi questionado sobre a possibilidade de se candidatar para a próxima eleição. Ele declarou que faz parte do processo da caminhada política, mas não como candidato e sim como alguém que excita novas lideranças.

“A gente aposta num projeto, esse projeto inclui renovar com pessoas jovens. Santo Antônio de Jesus tem um potencial enorme e faço questão de estar sempre no processo, mas não é no processo como candidato, é num processo com vários companheiros, pessoas que podem representar, como pessoas dentro da Câmara e outros segmentos da sociedade. 

A gente precisa fomentar, estimular as novas lideranças e os novos projetos”, disse o ex-prefeito ao repórter Leonardo Valente.

Sobre seu papel no grupo de oposição, Euvaldo disse que todo mundo “escolhe ao que se dedica na vida”. E tem algumas pessoas que faz escolha empresarial e outras profissionais.

Ele fez a escolha de viver a vida na parte profissional, mas que já dedicou muito a parte pública, a qual ele cometeu alguns erros e acertos.

“O meu papel hoje junto aos nossos companheiros é sentar e conversar um pouco dessa experiência que a gente viveu e até dizer, não faça os mesmos erros que eu fiz não”, declarou.

Já sobre a saída do vereador Morão da oposição, Euvaldo relatou que não contempla o processo da caminhada política mostrando erros ou acertos, mas que entende que em determinadas situações a sua posição seria outra.

“Tem coisas que eu posso achar que a minha posição seria outra, mas eu tenho que entender também que cada pessoa tem o direito de seguir um caminho, cada pessoa tem os seus motivos para seguir esse caminho, agora o importante é que a pessoa saiba o caminho que está trilhando”, explicou.

Por ter uma gestão conhecida pelo São João proporcionado, o ex-prefeito foi questionado sobre como ele avaliaria a atual gestão. Euvaldo Rosa declarou que uma gestão é muito difícil, composta por erros e acertos, no entanto, o mais importante de uma gestão é o momento que é necessário enxergar mudanças.

Em síntese, o ex-prefeito Euvaldo Rosa evitou críticas aos seus adversários, preferiu não se posicionar sobre decisões políticas, evitou comentar  o empréstimo aprovado de R$ 45 milhões, além de não ter nem afirmando ser o líder do seu grupo e nem que pode ser o próximo candidato a prefeito no município.

No entanto, ele não escondeu que segue participando da caminhada política ao lado dos seus aliados que hoje é o grupo de oposição. Bahianaweb