Lula amplia vantagem sobre Bolsonaro no primeiro turno. Ciro Gomes (PDT) ocupa a terceira posição nas intenções de voto com 9% aponta BTG/FSB

 O pré-candidato a presidência Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ampliou a vantagem sobre o presidente Jair Bolsonaro (PL) na disputa pelo primeiro turno das eleições e alcançou seu melhor resultado até aqui, de acordo com a pesquisa do banco BTG Pactual feita pelo Instituto FSB e divulgada nesta segunda-feira (30/5).

Com a desistência de João Doria (PSDB) pela corrida ao Planalto, o petista passou de 41% para 46% das intenções de voto. Bolsonaro manteve os 32%.

Já em um eventual segundo turno entre os dois, Lula venceria com 54% da intenções de voto contra 35% de Bolsonaro. Resultado também é melhor do que o da última pesquisa, quando o ex-presidente venceria com 52%.

Os impactos da saída de Doria também refletiram no encolhimento da chamada 3º via, que passou de 17% para 13% das intenções de voto. Com isso, de acordo com a pesquisa, oito em cada 10 eleitores irão votar em Bolsonaro ou em Lula.

Ciro Gomes (PDT) ocupa a terceira posição nas intenções de voto com 9%, seguido por Simone Tebet (MDB) com 2%.

Ao todo, 72% dos eleitores afirmaram que já estão com a decisão tomada de quem irão votar em outubro, 27% afirmam que ainda podem mudar de candidato.

Avaliação do governo

O levantamento também questionou como as pessoas avaliam a gestão de Bolsonaro. Para 50% da população, a gestão é ruim ou péssima e 60% desaprova o presidente, enquanto 35% aprovam o chefe do Executivo.

O instituto ouviu 2 mil pessoas entre 27 e 29 de maio.Foto: Divulgaçao