Wenceslau Júnior se solidariza com vítimas de ataque machista




O pré-candidato a deputado federal Wenceslau Júnior (PCdoB) expressou sua integral e irrestrita solidariedade às mulheres coordenadoras da Associação dos Docentes da Universidade do Estado da Bahia (ADUNEB), que foram vítimas de um ataque machista durante uma reunião virtual, no último dia 17 de maio. "É inconcebível que no interior de uma Universidade Pública ainda ocorra esse tipo de violência. Tal atitude é reflexo do momento político e a postura do presidente da República. Precisamos derrotar esse projeto e reconstruir a democracia", declarou.


O encontro virtual tinha como pauta discutir o pagamento de passagens intermunicipais para a categoria docente da universidade, mas foi interrompida por um professor aposentado, desfiliado da ADUNEB, que agrediu as mulheres que compõem as últimas duas gestões da seção sindical, com calúnias, gritos e desrespeito. “Fiquei muito triste com a atitude descabida desse professor, espero que ele seja punido nos rigores da lei”, disse o pré-candidato, reforçando seu comprometimento no combate à violência contra a mulher e toda a política de ódio, dentro e fora do partido.