Abertura do São João no Pelourinho consolida um espaço de pluralidade, inclusão e diversão


O tradicional São João da Bahia no Pelourinho, Centro Histórico de Salvador, teve início nesta quinta-feira (23), com atrações e expressões culturais diversificadas, trazendo como tema a afirmação “Valeu esperar”. A festa realizada pelo Governo do Estado, por meio da Bahiatursa, é a primeira manifestação pública de rua, na capital, depois das restrições impostas pela pandemia da Covid-19 e reúne as mais expressivas tradições nordestinas, com uma programação para todos os gostos, gêneros e idade, nos palcos do Pelô. 


Até domingo (26), importantes atrações subirão em cinco palcos e desfilarão pelas charmosas ruas de pedra do Pelourinho, como a banda Cangaia, Cicinho de Assis, Sarajane, Gereba, Genard, Pra Casar, Del Feliz, Carlos PittPia e Zelito Miranda e diversos grupos de samba-junino. 


A Sala de Reboco, espaço que é o abre-alas da festa para quem chega pela Praça da Sé, fica logo atrás do Cruzeiro de São Francisco e, na primeira noite, recebeu pares dançantes cheios de energia e alegria. Na abertura da festa, Dão Forró Black deu o tom da dança. “É uma alegria participar desta primeira noite, porque é um experimento novo, misturar a black music ao forró, trazendo essa nomenclatura sonora para o evento. Temos no repertório Gonzagão, Trio Nordestino, músicas autorais”, revelou Dão, vocalista da banda.

A programação se estende aos palcos dos largos Tereza Batista, Pedro Archanjo, Quincas Berro D’Água e do Pelourinho - em frente à Casa de Jorge Amado, decorado como um grande coreto; além de contar também com o desfile dos grupos de samba-junino pelas ruas e becos do Centro Histórico durante os dias de São João. 



No Largo Pedro Arcanjo, a professora Carla Verena, estava com a família pronta para curtir a festa. A maior alegria da professora foi ver a filha, Flora, de 4 anos, com autismo, se divertir, integrada a outras pessoas, em um espaço público e seguro. “Valeu mesmo a pena esperar. Minha filha ficou muito tempo dentro de casa e, para o autista, é muito importante a socialização. Acho que é cada vez mais importante criar espaços que incluam as pessoas com deficiência, de qualquer tipo. A gente precisa repensar os espaços, porque uma vida feliz é uma vida com todos, não é?, refletiu Carla Verena.

No Coreto do Largo do Pelourinho, o clima de interior embalou quem parou para apreciar o show de Maviael Melo, cantor, poeta e cordelista pernambucano. O economista Ranieri Barreto não tirou os olhos do palco. “Esse é um São João diversificado e celebrar essa volta com Maviael Melo é, realmente, extraordinário”. Pela primeira vez na Bahia, a alemã Franziska Burger se disse encantada com a festa e, durante o show, já arriscava alguns passos. “Estou achando muito legal, agora é só aprender como dançar o forró”.

Satisfeito com o show apresentado, depois de dois anos longe dos palcos, Maviel falou com alegria sobre a experiência no primeiro dia do São João da Bahia, mas deixou um convite de cuidado com o público. “A gente sabe que ainda precisa se cuidar, para que a gente evite outros cancelamentos por conta da Covid-19. Mas é uma alegria muito grande poder ver o Pelourinho lotado e o povo dançando. Perceber que a poesia e o cordel, que são parte da cultura popular, e são tão forte, tão raiz, fez as pessoas pararem para ouvir e prestar atenção. É gratificante, porque eu cresci ouvindo poesia todos os dias, então poder trazer para o palco, junto com a música, é uma alegria imensa”, celebrou o artista. 

Nesta sexta-feira (24), o público poderá conferir mais um dia de programação diversificada no Pelourinho. Na Sala de Reboco, se apresentam Forró dos Vizin, Luh Monteiro, Mara Magalhães, Ska no Xote, Arame Liso e Forró Passa Pé. Na Praça Tereza Batista, Sarajane, Pablo Moraes, Marcia Short, Marquinhos Navas e Jô Miranda animarão a festa. Na Quincas Berro D'Água, será a vez de Reinaldo Barbosa, Tenysson Del Rey, Lucas Maia, Denise Correia e Gereba. Já na Pedro Arcanjo, passarão pelo palco Dois Amores, Zé de Tonha, Ceguêra de Nó, Trio Resfulengo e Geovana Lins. 

Também na noite de hoje, no Coreto Largo do Pelourinho, será possível conferir as apresentações de Dammys Monteiro, Banda 20xotear, Edy Xote, Kimimo do Forró, Diego Moraes, DJ Preta Forró Sound e Marcondes Moraes. Além disso, para quem curte samba-junino, poderá dançar e cantar ao som do Grupo de Samba de Roda Junino, Grupo Jakê, Rubinho Pingo de Ouro, Os Bambas do Nordeste e Paroano Sai Milhó.


Mais atrações 


Além das festas nos largos, até o domingo (26), atrações itinerantes circularão pelo Terreiro de Jesus e principais ruas do Pelourinho, todos os dias. A programação inclui ainda aulas de forró com Cabrueira, além de sambas juninos.  Rural Elétrica, Rixô Elétrico, Garapiola e Furgão Elétrico se revezarão, nos desfiles pelo Terreiro de Jesus, levando o público para acompanhar os clássicos dos festejos de São João.


Repórter: Laís Nascimento   

Fotos: Elói Corrêa_GOVBA