Candidato a deputado, Radiovaldo Costa fala sobre Refinaria Landulpho Alves, Petrobras, política e diz: ‘Bolsonaro é um risco a democracia’; confira o vídeo


 Presidente licenciado do Sindipetro BA, Radiovaldo Costa foi o entrevistado desta quinta-feira (4), no Direto da Redação do Portal Infosaj/TV Recôncavo. Ele é candidato a deputado estadual pelo PT. Já foi vereador por três mandatos em Alagoinhas e candidato a prefeito nas eleições de 2020. Também já foi candidato a deputado estadual obtendo cerca de 30 mil votos. Radiovaldo começou falando sobre a Refinaria Landulpho Alves que foi inaugurada em setembro de 1950 pelo então presidente Getúlio Vargas. Foi a primeira refinaria pública do país e está localizada em São Francisco do Conde para produzir petróleo. A refinaria segundo Radiovaldo, cresceu e se desenvolveu tornando-se a segunda maior do país tendo a capacidade de 330 mil barris de petróleo por dia. Disse que infelizmente o governo federal tomou uma decisão juntamente coma direção da Petrobras de privatizar, ou seja, a refinaria foi vendida para um grupo Árabe. Logo depois entrou com uma denúncia no Tribunal de Contas da União e na Justiça Federal questionando entre outras coisas o valor da refinaria. Segundo ele, as ações não surtiram efeito e a venda foi mantida. Disse que já se tem oito meses de privatizada e o que melhorou para situação da Bahia e dos baianos? Nada. Afirmou que hoje temos o óleo diesel, a gasolina e o gás de cozinha, preço refinaria, o mais caro do Brasil. Radiovaldo afirma que os baianos são vítimas de um monopólio privado. Por isso que os preços estão caros na Bahia. Ele também comenta sobre a situação dos trabalhadores depois da privatização. Outro assunto tratado na entrevista foi sobre a campanha do Preço Justo. Ele disse que foi feito um estudo técnico onde apontou que se fosse levado em consideração a produção de petróleo no Brasil, o custo de extração no país e o custo da produção de gás natural no nosso país, dava para vender o gás de cozinha de 13 quilos a R$ 50 reais. Ao falar do ICMS, Costa disse que o Brasil precisa de uma reforma e que cada dia a mais o trabalhador paga imposto e revelou que já tem famílias cozinhando no fogo a lenha, principalmente no recôncavo baiano. Perguntado sobre outros segmentos, Radiovaldo disse que precisa ser deputado de 417 cidades, até dos que não votaram nele. Que quer pautar temas importantes para melhorar a vida da população. Por fim, ele falou sobre o Estaleiro São Roque do Paraguaçu e do vereador Uberdan Cardoso que é candidato a deputado federal.

Assista o Direto da Redação desta quinta-feira (4), como convidado, recebemos Radiovaldo Costa, candidato a deputado estadual pelo PT