Dr Everaldo oficializa candidatura como deputado estadual pelo PDT

Durante a Convenção Estadual do PDT e de outros partidos da base aliada do governador Rui Costa, realizada na manhã deste sábado (4), no Parque de Exposições, em Salvador, o médico e empresário Dr Everaldo Junior confirmou que será candidato a uma vaga na Assembleia Legislativa da Bahia. Desde a pré-candidatura, o Dr Everaldo tem o apoio do deputado federal Félix Júnior, com recorde de votos pela legenda em Santo Antônio de Jesus.
“É com muita alegria que a gente participa da Convenção do PDT, que tem a bandeira da educação, que tem o maior representante da nossa cidade, Félix Júnior, o deputado que mais investiu na nossa cidade; são 4 milhões em emendas para o Centro Cultural, para infraestrutura, para a área da saúde, como construção de postos e equipamentos”, destacou.
Na companhia do empresário, Félix Júnior também endereçou mensagem aos santoantonienses. “Santo Antônio está sempre aqui no coração. É a terra mãe de todos nós, da família e eu tenho sempre a agradecer e a retribuir”, discursou.
Candidatura e IPTU
Para Dr Everaldo, o cenário é de mudança na mentalidade dos eleitores e deve ser dos candidatos. “Nós temos mostrado que o cenário político precisa se reinventar, sem esta ideia de sucessão. É preciso assumir que se está do lado da cidade e daquilo que afeta diretamente a vida da população, como é o caso do aumento do IPTU, do qual somos contra desde o princípio”, enfatizou.
Dr Everaldo, que tem histórico à frente da 4ª Dires, da Secretaria de Cultura, Turismo e Juventude e da Câmara de Vereadores é hoje presidente do diretório municipal do PDT e o principal responsável pela campanha “#IPTUNAJUSTICA”.
Nesta semana, estudantes de Direito simpáticos à campanha que visa barrar o aumento considerando inconstitucional coletaram assinaturas da população para pedir, junto ao Ministério Público Estadual, uma ação civil pública contra o reajuste.
No mês passado, Dr Everaldo abriu precedentes ao conseguir o direito de pagar em juízo o próprio IPTU, de modo que Prefeitura fica impedida de utilizar o recurso até que o processo pelo fim do aumento seja concluído. Depois dele, outro santoantoniense também obteve decisão favorável na justiça. Blog do Valente.