'Nunca mais quero pisar neste lugar', afirma Ciro Gomes após debate na TV Globo

06 de Out // Foto: Josemar Pereira / Ag Haack | Eleições 2018
O candidato do PDT à Presidência  nas eleições 2018, Ciro Gomes, deixou irritado o Projac, os estúdios da TV Globo, onde foi realizado o último debate antes do primeiro turno segundo informações do Estadão Conteúdo. Na madrugada desta sexta (5), após a entrevista a jornalistas que sucedeu o confronto, ele disse: "nunca mais quero pisar neste lugar".

O pedetista se irritou porque ao chegar ao camarim, ao fim do debate eleitoral, encontrou um oficial de Justiça que estava ali para entregar a ele notificação de ação movida pelo ex-prefeito de São Paulo João Doria (PSDB), candidato ao governo do Estado. Ciro o chamou de "farsante", o que motivou a ação do tucano.

Ciro estranhou o fato de o caso estar na Justiça do Rio, sendo ele do Ceará e Doria, de São Paulo. O pedetista chegou para a entrevista, realizada num outro espaço do Projac, bastante contrariado. Disse que chamou Doria de "farsante" quando de fato queria dizer "corrupto". Sobre o debate, afirmou que "a Globo não manda" no voto dos brasileiros. "Estou preocupado com a sorte do Brasil. Meu País está caminhando para um precipício", disse Ciro.

O candidato do PDT ainda acrescentou: "Eu peço ao brasileiro que pense muito antes de votar num despreparado que representa os interesse mais subalternos do baronato brasileiros ou no petismo. Confio no povo brasileiro", disse, numa referência à polarização entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT).