Com hematomas no rosto, advogada denuncia ex-namorado por agressão em salvador

07 de Jan // Foto: Vanderson Nascimento/TV Bahia | Salvador
A bacharel em direito Juliana Galdino, denunciou na Delegacia da Mulher, a agressão que sofreu do ex-namorado, João René Espinheira, conhecido como DJ John Oliver. Com hematomas no rosto e pontos na testa por conta de um corte que teve durante as agressões do ex, Juliana conta que, na última sexta-feira (4), para sábado (5), foi agredida com murros, chutes e pontapés. Juliana registrou o caso na Deam no sábado.

A Polícia Civil informou que a medida protetiva foi solicitada por Juliana e concedida pela Justiça segundo informações do G1. Em entrevista, Juliana disse que ela e João moravam juntos há cerca de dois anos, mas estavam terminados há um mês. A advogada detalhou ainda que, no último sábado, o ex-namorado a chamou para uma conversa e ela aceitou.

O encontro foi na casa da mãe dela, no bairro da Pituba, na capital baiana. Juliana estava sozinha pois a mãe estava em Guarajuba, praia que fica localizada no Litoral Norte da Bahia. No apartamento em Salvador, Juliana e João tentaram conversar, quando aconteceram as agressões segundo informações do G1. A advogada contou que João já havia mostrado um temperamento explosivo, mas que não tinha agredido ela em outras situações.

"Ele dizia que estava chateado com coisas do trabalho e explodia, mas não acontecia como foi dessa vez", disse. Em contato com o G1, João negou que tenha começado as agressões à ex-namorada. Ele disse que se defendeu e revidou as agressões iniciadas pela mulher. O ex-namorado divulgou imagens alegando que também foi agredido durante um desentendimento.

João ainda disse que Juliana não aceitava o fim do relacionamento, entretanto, ela conta que quem não aceitava o fim era ele. DJ John Oliver disse ainda que, após ser agredido e se defender, Juliana caiu e bateu a cabeça. Ele disse que levou a ex para um restaurante fast-food e, em seguida, eles foram para casa onde Juliana mora. No imóvel, João disse que foi ao banheiro e recebeu uma ligação da namorada. "Ela [Juliana] deu crise de ciúmes, meu erro foi que revidei", disse. A Deam de Brotas investiga o caso.

Nenhum comentário