Gustavo Ferraz vai para o PV e espera ‘gesto’ de Neto para eleição de 2020


Ainda de acordo com Ferraz, Lauro de Freitas precisa de um debate de “problemas crônicos”

[Gustavo Ferraz vai para o PV e espera ‘gesto’ de Neto para eleição de 2020]
Foto : Divulgação
Por Alexandre Galvão no dia 14 de Janeiro de 2019 ⋅ 
Ex-chefe da Defesa Civil de Salvador, Gustavo Ferraz quer concorrer à prefeitura de Lauro de Freitas em 2020. Em 2016, ele foi candidato a vice na chapa de Matheus Reis (à época no PSDB, hoje no PPS). Agora, Ferraz filiou-se ao PV.
“Não conversei com ele [ACM Neto]. Política é o momento. Sou aliado desse campo político. Acredito que no momento certo sentaremos à mesa para conversar. O que quero é um gesto. O mesmo que tive em 2016 para apoiar Mateus Reis para unir o grupo, para que ele ficasse mais tranquilo. Espero reciprocidade, mas se não tiver, vou caminhar com tranquilidade”, afirmou, ao Metro1
Ainda de acordo com Ferraz, Lauro de Freitas precisa de um debate de “problemas crônicos”. “Precisamos de um projeto para a cidade. Recentemente a prefeita [Moema Gramacho] cometeu crime de responsabilidade. A cidade não tem plano de mobilidade, a educação vai de mal a pior. Já são 16 anos sem construir uma sala de aula”, contou. 
Preso no episódio das malas dos Vieira Lima, Ferraz não se tornou réu no caso – ou seja, nem mesmo fora acusado. O episódio, segundo ele, está claro para a população. “A pesquisa diz isso. Tenho rejeição baixa, as pessoas entenderam o que aconteceu. A política tem um problema grande, que é o caixa 2, espero que o ministro Sérgio Moro resolva”.

Nenhum comentário