Regra antiga era antioperacional', diz Wagner Rosário sobre decreto de sigilo a dados públicos


Rosário defende que as novas diretrizes vão simplificar processo de classificação de informações

['Regra antiga era antioperacional', diz Wagner Rosário sobre decreto de sigilo a dados públicos]
Foto : Antonio Cruz/Agência Brasil
Por Clara Rellstab no dia 25 de Janeiro de 2019 ⋅
O ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Wagner Rosário, responsável pela transparência da administração pública, afirmou que o decreto que permitiu a servidores comissionados impor sigilo ultrassecreto a dados públicos foi mal interpretado.
Em entrevista ao blog de Matheus Leitão, do G1, Rosário diz que regra antiga era "anti operacional” e defendeu que as novas diretrizes vão simplificar processo de classificação de informações.
"Do jeito que estava não garante mais transparência e gera um tipo de trabalho totalmente oneroso para algumas autoridades”, afirmou o ministro à publicação.

Nenhum comentário