Sala de Imprensa montada pela prefeitura recebeu 2,5 mil profissionais no Carnaval


A Sala Oficial de Imprensa Paulo Gaudenzi, no Campo Grande, recebeu 2,5 mil profissionais durante os dias de folia do Carnaval 2019. Apresentadores, repórteres, radialistas, fotógrafos, cinegrafistas, produtores, auxiliares e demais profissionais da comunicação puderam aproveitar a estrutura do local, com  computadores e internet disponibilizados para a cobertura da folia. 
Somente a equipe da Secretaria da Comunicação (Secom) é formada por 50 pessoas, entre jornalistas, fotógrafos, cinegrafistas e área administrativa. Nas 21 cabines de rádio para a transmissão dos profissionais, inclusive do interior, atingindo a mais de 200 cidades, a movimentação também foi intensa. Além do atendimento à imprensa credenciada, informações têm sido divulgadas em tempo real, por meio do envio de conteúdo jornalístico e pelas redes sociais. 
O Conecta Salvador, a rede gratuita ofertada pela Prefeitura aos foliões e também aos profissionais de imprensa, foi um facilitador para o trabalho. Pela primeira vez trabalhando na folia de Momo, o gerente de Jornalismo da Record, Eduardo Caruso, 42 anos, ficou impressionado com a grandiosidade da festa e apontou que as ferramentas e estrutura ofertadas pela Prefeitura aos profissionais de comunicação contribuíram de forma significativa para o trabalho jornalístico da emissora de TV e rádio. Segundo Caruso, a estrutura do praticável foi fundamental para o sucesso da transmissão.  
“Dividimos a ancoragem dos nossos telejornais entre o estúdio na emissora e o estúdio avançado no Campo Grande. Além das entradas ao vivo dos nossos repórteres em todos os cantos da cidade. A estrutura de imprensa montada para o evento também nos atendeu de forma importante. Estão todos de parabéns”, disse ele, que destacou ainda a importância do Conecta Salvador.Foto, Geraldo Júnior, Secom. Bahia Noticias. 

Nenhum comentário