Muniz Ferreira"Desfile de 02 de julho resgata valores esquecidos"










Muniz Ferreira , 02 de julho: Um dos feriados mais importantes para os baianos, com certeza, é o “02 de Julho”, data referida à Independência da Bahia. Com isso, o Colégio  Dalmácio Brito de Souza. realizou na manhã desta terca-feira (02), pelo primeiro ano , um evento cívico e já bastante tradicional. O evento teve a concentração em frente da escola e percorreu o Centro da cidade. O término do desfile foi na Praça.



Houve desfiles dos alunos da unidade escolar e a qual também comemora o seu dia nesta importante data.

Para Macio, diretor pedagógico, “na realidade, a independência da Bahia marca a independência do país, e não há nenhuma manifestação cívica sem ser em Salvador. E, desde o ano, o colégio vem realizando esse momento cívico, que é uma proposta do prefeito Wellington. Em 2018, Na primeira edição fizemos um projeto anterior ao dia da data, explicando sobre o porquê de se comemorar o ‘2 de Julho’, e nesta primeira edição organizamos desfile relacionadas à data. Então, sempre tentamos nos interligar com a história, para que eles tenham conhecimento e saibam da importância que a Bahia teve para o processo de independência do Brasil”, explicou a educador.




Segundo, diretor do colégio militar, “2 de Julho é uma data magna para a Bahia. Na minha infância fui aluno do colégio e sempre desfilei. Ao assumir o comando do colégio aqui em a Muniz Ferreira , me veio essa ideia de retomar as tradições baianas. e neste ano já amplificamos. Portanto, este é um resgate necessário para a história da Bahia e que os possam encarar o feriado ‘2 de julho’ como algo mais significativo”, completou diretor Macio.



Quem esteve presente nesse momento tão importante percebeu toda a sua carga significativa, deixando os baianos ainda mais orgulhosos da sua origem que sempre foi marcada por muita luta e resistência. Além dos desfiles e apresentações, teve o hasteamento da bandeira do estado e o do Hino de Independência da Bahia.A atividade é uma forma de resgatar não um civismo vazio, mas um senso crítico tão necessário e premente em relação a nossa historicidade. O 2 de Julho é um patrimônio imaterial do povo baiano que expressa a luta, a coragem e engajamento de homens e mulheres numa parte importante da Independência do Brasil.




"A história da emancipação dos povos é a parte mais importante da existência deles, porque exprime o pensamento mais nobre que pôde animar os seres, o da sua própria liberdade, visto ser ela a mais justa aspiração dos homens...A independência na Bahia foi uma conquista nobilitante, cuja glória guerreira, diamantina e pura, isenta de traições e de conchavos, tem luz bastante para dar fulgor a independência de todo o Brasil."Resgatar valores esquecidos, defender o amor à pátria e o orgulho pela sua escola. É com essa meta que a diretor do Colégio Estadual Dalmácio , vem preparando seus alunos para se apresentarem no desfile cívico-


"Aproveitamos o momento para relembrar o quanto a Bahia foi importante para o processo de emancipação política do Brasil!! O grito da Independência do 07 de setembro de 1822 só ecoou verdadeiramente nos quatro cantos do Brasil, no dia 02 de julho de 1823, 10 meses depois, após muita luta de um povo.


Não podemos deixar de comemorar esta data tão importante para nós ! Também não podemos deixar de lembrar de três mulheres que se destacaram neste processo de luta pela emancipação, Joana Angélica, Maria Felipa e Maria Quitéria.

Mais que um desfile cívico, a atividade de hoje trata-se de uma aula de história. As conquistas de um povo, de uma nação parte de uma análise crítica da situação que se vive, cabe ao povo aceitar ou não. Naquele momento muitos pagaram com a vida, mas impediram que a Bahia fosse " tomada" e continuasse sob o dominio dos Portugueses.

O Colégio Dalmácio está de parabéns pela iniciativa







Nenhum comentário