Dra. Andressa Moese, advogada, regozija-se do trabalho que desenvolve a frente do Projeto Sorrir, em S.A.JESUS

por: Mascarenhas 

Realizado, nesse sábado, 12, Dia das Crianças, no Sítio da CETEB, no Bemfica, no município de Santo Antonio de Jesus, recôncavo baiano, evento com participação de, aproximadamente, 230 crianças, oportunidade em que foi oferecido café da manhã, distribuição de brindes e realização de brincadeiras lúdicas. O projeto já existe a mais de 15 anos e oferece às crianças reforço escolar, aulas de futebol e coral.
Além de prepostos do Corpo de Bombeiros, presenças de representantes da FACEMP, com cursos de odontologia e educação física. Segundo a presidente da entidade, Dra. Andressa Moese, advogada e empresária, a entidade não recebeu qualquer tipo de recurso a partir de órgãos públicos. Custos foram bancados através de doações de amigos que se solidarizam e contribuem ou com voluntariado. Um trabalho, deveras, grandioso e que deve, naturalmente, ser copiado nesse e outros municípios, de maneira que haja diminuição paulatina de desigualdades e, em consequência, seja promovida inclusão social. 
RESSONÂNCIA DO TRABALHO SOCIAL
Andressa Moese (esposa de Charles Moese, empresário) graças a esse trabalho que desenvolve, tendo por escopo a inclusão social, e toda uma relação que ostenta no seio da sociedade e, em especial, do empresariado, tem sido observada, também, nas hostes político-partidárias. Questionada a respeito, desconversou, pontuando que seu objetivo, no momento, é trabalhar em prol da construção de uma sociedade, deveras, inclusiva. 

Nenhum comentário