Ministros do STF enxergam crimes de Bolsonaro na fala de Moro


Um dos crimes seria o de falsidade ideológica: ao dizer que demitiu o diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo, a pedidos, sendo que isso, segundo Moro, não é verdade

[Ministros do STF enxergam crimes de Bolsonaro na fala de Moro]
Foto : Marcos Corrêa/PR
Por Metro1 no dia 24 de Abril de 2020 ⋅ 
Ministros do Supermo Tribunal Federal (STF) viram supostos crimes cometidos pelo presidente Jair Bolsonaro, segundo as revelações feitas hoje (24) pelo agora ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro. 
De acordo com a Folha, um dos crimes é a advocacia administrativa: segundo Moro, o presidente queria acionar relatórios de inteligência de investigações da Polícia Federal.
Com isso, ele pode ter incorrido no artigo 321 do Código Penal, que prevê até três meses de prisão para quem "patrocinar, direta ou indiretamente, interesse privado perante a administração pública, valendo-se da qualidade de funcionário".
Um segundo crime seria o de falsidade ideológica: ao dizer que demitiu o diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo, a pedidos, sendo que isso, segundo Moro, não é verdade, Bolsonaro mentiu –outro crime que precisaria ser apurado.

Nenhum comentário