Cancelamento do São João deixa de movimentar mais de R$ 500 milhões em toda a BA devido à pandemia, diz SEI

O cancelamento do São João na Bahia deixou de movimentar mais de R$ 500 milhões em todo o estado, segundo dados da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI). De acordo com a SEI, no ano passado, as 60 maiores festas privadas na Bahia atraíram 500 mil pessoas, e mais de R$ 550 milhões foram movimentados durante o período junino. Ainda segundo o órgão, foram gerados entre 40 e 50 mil novos postos de trabalho no período. Uma das cidades que registraram prejuízos foi Ibicuí, que fica no sul do estado. Segundo o prefeito Marcos Galvão, muitas pessoas deixaram de alugar casas para passar o período na região. “Prejuízo econômico, financeiro também. Ibicuí, como boa parte das pessoas sabem, não detém uma rede hoteleira grande e, por conta disso, o aluguel de casas é muito tradicional por aqui. Isso acaba sendo uma ajuda na distribuição de renda para diversas famílias, que têm essa injeção no orçamento familiar considerável, que vai ser um prejuízo muito grande, assim como o comércio, os prestadores de serviços, ambulantes”, disse o prefeito. G1

Nenhum comentário