SALINAS DA MARGARIDA: rígida barreira sanitária dá exemplo para região, no combate ao coronavírus

O espírito de liderança desencadeado pela administração municipal tem sido importante para que as determinações estipuladas em decreto sejam cumpridas.


Por ANTONIO MASCARENHAS
Diversos municípios da região não têm medido esforços para evitar que a Covid-19 possa provocar mais contaminações, evitando-se, assim, colapso no sistema de saúde e, por conseguinte, ocorrência de mais óbitos. 
Trata-se de um inimigo invisível e que, enquanto não se tenha uma vacina, infelizmente, todas as medidas de prevenção são válidas e necessárias.
 
Na maioria deles, além de fechamento do comércio, em prol do distanciamento social,  realização de barreiras sanitárias em que são aferidas temperaturas e ministradas orientações aos condutores de veículos e seus ocupantes.
BARREIRAS SANITÁRIAS MAIS OSTENSIVAS
 
A litorânea e receptiva cidade de Salinas da Margarida, no recôncavo baiano, a exemplo de poucas outras, dispõe de uma uma única estrada de acesso o que, de certa forma, facilita a realização de barreira sanitária, nesse período de contenção do coronavírus.
Acontece que, lá, o controle é muito mais rígido do que em qualquer cidade da região. Veículos com passageiros de outros municípios só entram se  seus ocupantes apresentarem resultados negativos de testes para a Covid-19. Todos nós, profissionais de imprensa, representando a Tvsaj, Gazzeta do Recôncavo, Jornal Regional e Saj Notícias, visitando a região e, por lá transitando, submetemo-nos aos testes, como não poderia deixar de ser.
 
Até caminhões carregados têm que dar “meia volta” e retornarem às origens, caso seus ocupantes não atendam a essas premissas estabelecidas em decreto municipal.   Apenas pessoas autorizadas, que não sejam do município,  fazem testes rápidos no local. As demais já devem ir portanto os resultados individualizados das testagens efetuadas. Algo que não acontece na região.
 
A barreira sanitária conta com uma equipe composta por cerca de 32 pessoas (Secretaria de Saúde e outras pastas), atuando em três turnos, na forma de revezamento, de maneira que haja eficácia no trabalho desenvolvido.
 
Graças a essas determinações da atual administração municipal, sob o comando do prefeito Wilson Pedreira, é que o município, até o momento (felizmente) só registrou um óbito e, apenas,02 casos ativos.
 
APOIO LOGÍSTICO OPERACIONAL
Além da equipe da Prefeitura, estão dando apoio a esse trabalho, prepostos da Polícia Militar.
 
AQUISIÇÃO DE UM MONITOR CARDÍACO
 
A Prefeitura de Salinas da Margarida, adquiriu um monitor cardíaco para modernizar e agilizar os atendimentos de urgência e emergência, contribuindo com uma maior eficiência no atendimento aos que necessitam. A compra veio em boa hora diante da pandemia do Coronavírus. Um investimento de R$ 17.300,00 (dezessete mil e trezentos reais).
 
A aquisição objetiva oferecer melhor atendimento e dar mais suporte e condições de trabalho aos profissionais do Pronto Atendimento.
 
O novo equipamento permitirá monitorar os sinais vitais da frequência cardíaca, função de eletrocardiograma, medição da taxa de oxigenação sanguínea, temperatura corporal, pressão arterial, entre outras funções. É um equipamento de altíssima tecnologia que garante melhores condições de suporte aos pacientes; item essencial para a estabilização de casos mais graves.
   
 
BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO
 

Nenhum comentário