Nube abre 5.585 vagas de estágio em todo o Brasil com bolsas de até R$ 2.500

O concurso do Instituto Brasileiro de Geografia de Estatística (IBGE) com um total de 208.695 vagas não deu para sair este ano por causa da pandemia, mas o edital está marcado para 2021. A informação foi publicada no dia 31 de agosto, durante a apresentação Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) para o ano que vem.

O Censo Demográfico, que deveria ter início em 2020, foi confirmado pelo Ministério da Economia para 2021, os aprovados no certame do IBGE vão atuar na pesquisa. O edital está previsto para oferecer chances em cargos que exigem níveis fundamental e médio de escolaridade.

Vagas concurso IBGE 208 mil vagas

Recenseador – nível fundamental (180.557 vagas)

Agente Censitário Supervisor – nível médio (22.676 vagas)

Agente Censitário Municipal – nível médio (5.462 vagas)

O contrato dos agentes terá duração de cinco meses, enquanto o recenseador deve trabalhar, inicialmente, por três meses.

Salários

Agente Censitário Municipal: R$ 2.558 (R$ 2.100 + R$ 458 de auxílio-alimentação)

Agente Censitário Supervisor: R$ 2.158 ( R$1.700 + R$ 458 de auxílio-alimentação)

Recenseador: R$ 1.278,94 previsão média por produção.

A produtividade do recensador será calculada por setor censitário de acordo com taxa fixada e de conhecimento prévio pelo contratado, de unidades (domicílios urbanos e/ou rurais) e pessoas recenseadas, além do registro no controle da coleta de dados.

Jornada de trabalho

Os agentes irão atuar 40 horas semanais, oito horas por dia. Já a jornada recomendável do recenseador é de, no mínimo, 25 horas semanais, além de participação integral e obrigatória no treinamento.

Os aprovados podem simular a estimativa dos ganhos por meio de ferramenta disponilizada pelo IBGE, um simulador de remuneração. É necessário informar o município de atuação e a carga horária.

A banca organizadora do concurso IBGE é o Cebraspe.

Nenhum comentário