Menino de 9 anos leva mais de 20 pontos no tronco após ataque de tubarão


Um menino de 9 anos está se recuperando em hospital depois de ser atacado por um tubarão quando estava no mar com água um pouco acima da cintura em Miami Beach (Flórida, EUA) no domingo (21/3).

 O ataque fez a criança levar mais de 20 pontos no tronco, do ombro até o peito, no lado direito, após passar por cirurgia. Jay Weiskopf, de Minnesota, estava de férias na Flórida com seus pais, Kristine e Ren Weiskopf, quando foi atacado.

 O menino ficou, ainda, com várias lacerações no braço direito e na altura das costelas, no mesmo lado. O tubarão tinha cerca de 1,2 metro de comprimento. A espécie não foi identificada. "Quero evitar que isso aconteça com outra pessoa", disse Kristine Weiskopf, a mãe da vítima, ao "DailyMail.com" na segunda-feira (22/3). "Estávamos em cerca de 60cm de profundidade.

 Foi uma loucura. Nunca, jamais esperei que isso pudesse acontecer com água na altura da cintura", acrescentou ela, divulgando imagens dos ferimentos à imprensa. Os pais acrescentaram à emissora WPLG que o filho está traumatizado, mas se recuperando, e que seu prognóstico é bom. 

 "Eu o amo muito. Ele é um garoto muito bom. Ainda estamos em choque, mas agradecidos", afirmou o pai de Jay, Ren Weiskopf. "Agradecemos a Deus que o tubarão não tenha tirado a vida dele", completou. 


 A mãe acrescentou: "Ele só quer ir para casa. É triste porque planejamos muita diversão" As praias da Flórida estão recebendo grande número de turistas neste período, conhecido como Spring Break (as férias da primavera). O estado americano é um dos locais onde mais ocorrem ataques de tubarões no mundo.