Projeto 'Livros que Voam' estimula hábito de leitura em jovens do interior*


A cada visita do governador Rui Costa a municípios do interior, a esperança de dias melhores se renova também por meio do projeto 'Livros que Voam'. Idealizada pelo comandante de Aeronaves da Casa Militar, o tenente-coronel da PMBA Eduardo Luiz Silva, a iniciativa estimula em jovens de localidades mais distantes o hábito da leitura, por meio da entrega de diversos títulos.
A ideia surgiu, de acordo com o tenente-coronel Eduardo, que é piloto de helicópteros há 22 anos, durante os pousos e decolagens. Os exemplares são colocados na aeronave que vai levar o governador para a agenda do dia no interior e a distribuição é feita somente dessa forma. "Os jovens se encantam pelas aeronaves e se aproximam, curiosos, para ver de perto. A gente coloca os livros, distribuídos por faixa etária, de forma que eles possam escolher o que querem ler. Eles ficam muito alegres e costumam voltar com mais jovens que também querem ganhar livros", detalhou o policial.

Apesar de fazer parte da equipe de servidores do Estado, esta é uma iniciativa pessoal do militar. Ele conta que, inicialmente, os livros chegavam apenas por meio de doações de pessoas próximas. "Colegas e amigos abraçaram a ideia e começaram a fazer doações. Eu comprava os exemplares, prestava conta e distribuía para a criançada no interior. Depois, criamos um perfil no Instagram para o projeto e mais pessoas passaram a ajudar. Além disso, também pudemos contar com o apoio da secretaria estadual da Educação ", listou.
Além da entrega de livros, a interação dos pilotos com os jovens ocorre também por que eles contam as próprias aventuras para os curiosos jovens. Todas essas ações vêm gerando vídeos e fotografias que também são postados no perfil do projeto no Instagram, o @livrosquevoam_oficial.
*_Repórter: Renata Preza_*