Parte do público desiste de evento-teste e vai embora antes do fim

 Chuva contribuiu para baixa adesão, mas estrutura da festa foi elogiada por convidados

Com a chuva que caiu durante a realização do evento-teste em Salvador, parte do público presente no Centro de Convenções na noite desta sexta-feira (27) desistiu de acompanhar todas atrações e deixou o local antes do encerramento.

Marcado para começar às 18h, o evento teve problemas desde a entrada dos cadastrados da imprensa, quando o leitor de QR Code apresentou defeito e causou aglomeração dos profissionais

Logo depois, foi a vez do público passar aperto e correr da chuva forte que caiu na Boca do Rio e fez com que os convidados também se aglomerassem em busca de um abrigo. A prefeitura até tentou dispersar a situação distribuindo capas de chuva, mas muitos ficaram ressabiados em voltar a ocupar os lounges em espaço aberto.

Isso impactou no público do show do cantor Gerônimo, que subiu no palco com poucas pessoas acompanhando a atração e a maioria delas ainda afastada da área externa

O artista ainda convocou o grupo para se aproximar do palco: “Vocês que estão lá longe podem vir para cá. Já passou a chuva e a lua já saiu, não se preocupem”. Aos poucos, o público voltou a ocupar os lounges e acompanhou o restante da apresentação.


Já nas atrações finais, por volta das 21h, com Márcia Castro e DJ Telefunksoul, alguns dos presentes decidiram deixar as dependências do Centro de Convenções e encerrar a participação na festa mais cedo. 

No fim do seu show, Márcia Castro agradeceu a presença do público e espera que o setor do entretenimento “retome com essa organização e segurança”.

Avaliação do público

Apesar dos imprevistos climáticos e a baixa adesão dos convidados, as pessoas que resolveram participar do evento-teste encontraram uma estrutura organizada no evento, como relatou Daniel Lustosa, 43, que é músico: “A iniciativa foi boa, essa estrutura e organização podem servir como um norte lá na frente de como produzir outros eventos dessa forma”. 

Já Márcio Bastos, que é DJ, lamentou a falta de um grande público na noite desta sexta por não contribuir para uma avaliação mais precisa da prefeitura quanto a realização de festas. 

“O que não ajudou foi  a chuva, isso afetou a quantidade de pessoas presentes no evento. Complica um pouco porque também não bate a meta que a prefeitura esperava. Mas em termos de protocolos de segurança foi tudo bem. Todo mundo de máscara e se previnindo”, relatou.Foto: Gabriel Amorim/Metrople

Por: Gabriel Amorim e Vinícius Harfush no dia 27 de agosto de 2021