Eleições 2022: Cotada para vice de ACM Neto, esposa de prefeito manda recado nas redes sociais e repercute na política

 


Enquanto a chapa de ACM Neto (DEM) não fecha, vários nomes são especulados para composição. O tempo, de fato, é de cogitar e equacionar forças por histórico, desempenho eleitoral nas urnas ou de pesquisas internas de intenção de voto. Um desses quadros no rol das especulações é o da esposa do prefeito de Barreiras Zito Barbosa (DEM), Marisete Bastos. A ex-prefeita de Brejolândia comprou a ideia e tem feito publicações nas suas redes socais com acenos diretos ao pré-candidato ao governo da Bahia.

“Não vejo a hora que começar a andar por toda Bahia ouvindo as pessoas ajudando ACM Neto a transformar os sonhos de nossa gente realidade”, publicou na segunda-feira (24). O print do card repercutiu por seu tom subliminar nos bastidores políticos e nos grupos de WhatsApp, principalmente no oeste baiano.

Nesta terça-feira (25) a primeira-dama de Barreiras fez uma mudança de discurso ao se colocar, de maneira mais clara, como pré-candidata a deputada federal. “Não medirei esforços para ajudar ACM Neto a fazer um governo transformador”, escreveu. O evento que lançou sua pré-candidatura, em novembro do ano passado, movimentou o cenário político.

A região Oeste tem a cobiça de Neto. Se trata de uma área onde o petismo tem um desempenho aquém da média do Estado e ter um político da localidade ajudaria, por exemplo, a frear um possível crescimento do seu hoje desafeto João Roma (Republicanos), pré-candidato de Jair Bolsonaro na disputa do Palácio de Ondina. O maior reduto Bolsonarista na Bahia é, justamente, o rico Oeste da Bahia, onde a agricultura e a pecuária são muito fortes.

Apesar dos nomes ventilados, o próprio ACM Neto, em entrevista o BNews Agora na Piatã FM, afirmou que demoraria para encerrar essa discussão. Deixou evidente o prazo: por, pelo menos, mais dois meses. Acredita que até o fim de março terá a chapa equalizada para entrar em campo com a equipe definida ainda na pré-campanha.

O ex-prefeito de Salvador também deixou claro que o União Brasil (futuro partido da fusão DEM e PSL) não indicará mais nenhum nome, pois já estaria contemplado com a cabeça da chapa. Nomes cogitados, por exemplo, como de Marisete e do ex-prefeito de Feira de Santana, Zé Ronaldo, devem migrar para alguma agremiação aliada e assim ser “parte” do rateio dos apoios. O prefeito de Mata de São João, João Gualberto, já está no PSDB. E o deputado federal Felix Mendonça Júnior no PDT. Bocão News