Anarriê de Schrödinger: Rui Costa já fala na possibilidade do São João em 2022; a festa junina não é realizada há 2 anos

 


Duas edições do carnaval canceladas e o São João pode ir para o terceiro ano sem uma festinha permitida na Bahia. Quer dizer… esse cenário pode mudar ainda em 2022: governador da Bahia, Rui Costa afirmou que há possibilidade dos festejos juninos acontecerem neste ano. Tudo vai depender da situação da pandemia daqui até o mês de junho. Ou seja, basicamente vivemos um anarriê de Schrödinger, em que, assim como o gato do famoso experimento do físico austríaco, a festa está viva e morta ao mesmo tempo. E a caixa só será aberta em alguns meses.

O governador afirmou durante a posse da procuradora-geral Norma Cavalcanti, em seu segundo mandato, que os especialistas consultados pelo governo avaliam que a pandemia de coronavírus terá uma curva descendente nos próximos meses, isso caso nenhum evento extraordinário, como uma nova variante, surja e mude a tendência. Pensando no cenário positivo, Rui não vê problemas nos municípios organizarem a festa.

“Há sim uma possibilidade de São João e nós pedimos para que as pessoas se preparem para a possibilidade, uma festa que tem uma importância enorme nas gerações de emprego e na cultura do povo baiano. Se os números se mantiverem em queda, sem risco para a população, sim, nós teremos São João”, afirmou Rui.

Na ocasião, o Governador também comentou que o limite de público em eventos pode aumentar para 5 mil pessoas. Atualmente, o limite de público por evento é de 3 mil participantes.. No caso de estádios de futebol, há liberação de ocupar até 30% da capacidade total do equipamento.

“Nós subimos o público em estádio para 30% e público em eventos festivos para 3 mil”, comentou o governador sobre o último decreto publicado no Diário Oficial do Estado no dia 26 de fevereiro, que tem validade até 14 de março.

“Estamos com 5 mil casos (de covid-19). Se na próxima semana esse número cair, nós voltaremos a ter 5 mil (pessoas em eventos) e assim sucessivamente. Nós aumentaremos a permissão gradativamente à queda dos números”, finalizou Rui. Correio da bahia foto Marcos Peixoto/Prefeitura de Amargosa