"O xerife ficou sem bala no revólver", diz Wagner sobre Moro

 

Wagner deu entrevista nesta segunda-feira (7) na Rádio Metropole
"O xerife ficou sem bala no revólver", diz Wagner sobre Moro


Foto: Kamille Martinho - Metropress

Por: André Uzêda no dia 07 de março



entrevista exclusiva à Rádio Metropole, o senador Jaques Wagner (PT) fez duras críticas ao ex-juiz Sérgio Moro, pré-candidato à Presidência pelo Podemos. Segundo o petista, Moro não tem mais como afinar seu discurso sem o aparato da Lava-Jato.

"Moro se achava o paladino da moralidade, mas sem a Lava-Jato perdeu a força. O xerife ficou sem bala no revólver. A Lava-Jato foi aquela armação toda que prejudicou as empresas do Brasil. Não se deveria punir as empresas e sim os envolvidos diretos na corrupção", diz.

Wagner também fez críticas ao pré-candidato Ciro Gomes (PDT). "Ciro tinha que está atirando em Bolsonaro. Aí ele fica atirando no Lula. E o Bolsonaro atira muito melhor que ele no Lula. Por isso, ele não cresce", afirmou.