“Sou totalmente contra a antecipação da eleição, não é ilegal, mas na minha concepção isso é imoral”, dispara vereador Uberdan






O vereador Uberdan Cardoso (PT), foi um dos parlamentares da oposição que votou a favor da reeleição do presidente da Câmara de Vereadores de Santo Antônio de Jesus, Chico de Dega.

Sobre a eleição realizada o vereador manifestou sua opinião sobre o pleito realizado.

“Primeiro eu gostaria de deixar um registro que sou totalmente contra a antecipação da eleição, eu entendo que não se faz uma eleição para o biênio 2023/24 em março de 2022, então sou voto vencido, o regimento impera isso, o regimento diz que a eleição tem que ser até dezembro, não é ilegal, mas na minha concepção isso é imoral. Por outro lado, nós não tínhamos votos para ganhar eleição, nós temos cinco vereadores aqui contra nove lá, então quando eles apresentam de última hora essa eleição e, por outro lado apresentam o nome de Chico de novo para dentro da câmara, eu não falo para fora, porque para fora quem leva a imagem da câmara é o vereador, então cada vereador tem seu comportamento, tem as ações do seu mandato, ele tem a forma como ele dialoga com a sociedade, não é um problema do presidente da câmara, cada vereador que se represente perante a sociedade, mas para dentro da câmara existe uma coisa chamada a decisão interna corporis, ou seja, o corpo interno da câmara decide sobre a administração da câmara, sobre a questão técnica, não é questão política e aí como Chico se apresentou novamente como esse candidato, nós da oposição entendemos que não tinha problema mantê-lo dirigindo os trabalhos internos da câmara”, afirmou.

Perguntado como fica o trabalho dos vereadores de oposição na casa legislativa, o vereador comentou sobre o assunto.

” Inclusive aqui na câmara continuaremos sendo oposição a Chico de Dega, ou seja, não muda nada, o que muda que para continuar gerindo a gestão na câmara Chico vai continuar, porque nós entendemos que houve erros, houve acertos, mas que nós não tínhamos votos para ganhar eleição e como não temos votos para ganhar eleição preferimos apoiar a recondução dele, então do ponto de vista político de oposição e situação não muda absolutamente nada, continuamos sendo cinco vereadores de oposição nesta casa, agora é clara uma oposição construtiva, uma oposição que se apresenta com propósitos, com projetos, tanto fiscalizando a gestão da câmara e do município como propondo a gente consiga engrandecer a nossa cidade, essa é a nossa grande tarefa”, pontuou.

Questionado sobre a sucessão estadual, o vereador Uberdan destacou que será uma realização polarizada e que não se vence eleição de véspera. Os indicativos das pesquisas não representam uma ameça, pois o PT já mostrou que saiu vitorioso nas urnas mesmos com as consultas de preferência de voto mostrar o contrário.
Questionado sobre sua candidatura a deputado federal, o parlamentar revelou que está atendendo um pedido do presidente estadual do PT e referendado pelo Senador Jaques Wagner (PT-BA). A partir de agora o vereador Uberdan tem uma tarefa de debater Santo Antônio de Jesus e por consequência o Recôncavo Baiano.