Vice-prefeito de Cruz das Almas deixa o MDB para não apoiar o PT e diz: ‘Não me restou outra escolha senão a desfiliação do partido’; Eloy se filiou ao PDT

 Vice-prefeito do município baiano de Cruz das Almas, André Eloy anunciou sua desfiliação do MDB na terça-feira (5) alegando incompatibilidade com o partido após o acerto com o PT para as eleições estaduais. Jerônimo Rodrigues (PDT) terá um quaro emedebista na sua vice: Geraldo Jr, presidente da Câmara de Vereadores de Salvador (CMS). Eloy publicou uma carta aberta comunicando da decisão e já anunciou o seu novo destino: o PDT de Félix Mendonça Jr. e do ex-secretário de saúde de Salvador, Leo Prates.


“Embora respeite a decisão estadual do Movimento Democrático Brasileiro (MDB), em apoiar o Partido dos Trabalhadores (PT) nas eleições de 2022, não me restou outra escolha senão a desfiliação do partido neste momento. Historicamente, apesar de respeitar, sempre lutei contra, me opondo às práticas e ações políticas adotadas pelo PT, o que faz com que a minha permanência no MDB, com essa aliança, seja incompatível com a minha trajetória política”, disse o vice-prefeito em comunicado.

Segundo Eloy, é necessário prezar pela coerência. Ele disse que os 16 anos do PT à frente do Governo do Estado resultaram em avanços, mas também deixa uma série de deficiências. A decisão de se filiar ao PDT, portanto, é um movimento para sinalizar a manutenção na oposição. “Após analisar todo cenário, optei por me filiar a um partido político de oposição, o Partido Democrático Trabalhista (PDT). Um partido com importante tradição política em nossa cidade, que defende entre outras pautas a educação”, apontou Eloy antes de finalizar agradecendo à direção do MDB pelos anos juntos.

A decisão de apoiar o PT vem causando uma série de rachas internos no MDB baiano. Prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins afirmou que continua no partido, mas vai apoiar ACM Neto (União Brasil) nas eleições. Um outro quadro muito bem quisto pela direção estadual do partido é Rodrigo Hagge, prefeito de Itapetinga, que já declarou mirar uma mudança de partido após a aliança com o Partido dos Trabalhadores. BNews