“ O PSD nacional não é bolsonarista e discordo totalmente dessa tese”, diz o deputado Alex da Piatã, que faz planos…

 

Apesar de o PSD ter tido um ministro no governo federal e ter integrantes que apoiam o presidente Jair Bolsonaro (PL), o deputado estadual Alex da Piatã (PSD) rechaçou a tese de que seu partido é bolsonarista.

“Discordo. O PSD nacional não é bolsonarista e discordo totalmente dessa tese. Tanto é que as conversas do presidente nacional do partido, Gilberto Kassab, estão muito mais próximas de Lula do que qualquer outro candidato. E o partido a nível nacional tem uma posição muito forte de centro e daí a dificuldade de unidade em torno da candidatura do ex-presidente Lula, mas tenho certeza de que a vontade de Kassab e do senador Otto e outras lideranças do PSD era já marchar com Lula no primeiro turno”, disse Alex da Piatã.
O ministro das Comunicação, Fábio Faria, era do PSD, mas, em março deste ano, deixou o partido e se filiou ao PP. Sobre a eleição estadual, Alex da Piatã disse que torceu para o senador Otto Alencar (PSD) ser o candidato a governador do grupo político. Mas, para ele, Jerônimo Rodrigues (PT) é um “pré-candidatura à altura” para representar a base governista.
O deputado estadual ainda minimizou a saída do PP da ala governista. “Inicialmente esperávamos estar todos juntos, mas isso já é página virada e a força do grupo liderado pelo melhor governador do Brasil, Rui Costa, minimizou totalmente a saída do PP. Prova disso são as pesquisas para o Senado que mostram o senador Otto Alencar em disparada, e a posição da grande maioria dos prefeitos do PP declarando apoio a pré-candidatura de Jerônimo”, afirmou ele.Tribuna da Bahia