SAJ: vereadores alegam que empresa responsável por obra da Câmara não possui sede e protocolam denúncia no MP


Os vereadores que compõem a mesa diretora da Câmara Municipal protocolaram denúncias no Ministério Público (MP) alegando que a empresa responsável pela obra da Câmara não possui sede. Em contato com a Rádio Recôncavo FM na tarde desta quinta-feira (01), o vereador Altemir garantiu que tem fotos e documentação comprovando a denúncia. “Pedimos que o MP e TCM analisem. Denúncia fundada nós temos, lá não existe empresa, tem a casa do irmão do rapaz e uma casa em construção tipo depósito com adubo, um imóvel abandonado.  Não estou fazendo isso para ser presidente da câmara, já disse que nem fazer parte da mesa diretora eu quero, só vou mostrar a verdade com documentação”, pontuou. De acordo com ele, há ilegalidades na elaboração do projeto da obra da Câmara e ele vai divulgar em busca de transparência. Na oportunidade ele frisou seu apoio ao grupo do prefeito afirmando que não irá sair, pois está apenas cumprindo seu papel de vereador.
Em apoio ao colega, o vereador Pedro de Têca falou que também não viu o projeto da obra. “A população já fica em dúvida de algumas coisas e nós mostramos documentos. A partir de terça vamos mostrar como a Câmara está sendo construída e por quem. Santo Antônio de Jesus precisa de uma Câmara nova, mas também não tem que ser dessa forma, às escuras”, destacou.