Show emitem nota de repúdio e acusam Anitta de não receber fãs cadeirantes


Era para ser a grande atração da noite, mas o show da cantora Anitta virou motivo de muita reclamação depois de uma apresentação na cidade de Cacoal, em Rondônia. Contratada para fechar a noite de sexta-feira em uma exposição agropecuária, a funkeira desagradou fãs pela postura no palco e foi chamada de 'apática' por organizadores do evento.

O descontentamento foi tanto que motivou uma nota de repúdio assinada pelo presidente da associação responsável por contratar a artista. O texto repercutiu no Facebook, com mais de 8 mil compartilhamentos. O presidente da associação que organiza o evento, Jonas Góes Neto, diz que Anitta "parecia não querer estar naquele lugar".

Segundo ele, "o público teve de se contentar com um show frio e sem muitas das principais músicas da cantora. Ele diz ainda que a apresentação não chegou a uma hora de duração. A organização do evento diz ainda que foram disponibilizadas 15 pulseiras para acesso de fãs ao camarim da cantora, mas que uma produtora teria se negado a aceitar que as pessoas fossem deficientes físicas indicadas pelos organizadores da exposição.

Jonas afirma que a produção da cantora voltou atrás e convidou cadeirantes para conhecer a artista. Mas antes que todos entrassem, outras pessoas sem pulseiras, que fariam parte do fã-clube de Anitta, tiveram prioridade em conhece-la. Ele conta que ela acabou saindo pelos fundos antes de atender a todos, "deixando imprensa e fãs sem nenhum tipo de satisfação".

A nota de repúdio foi publicada no Facebook no início da tarde de sábado e já foi compartilhada milhares de vezes. Usuários da rede social deixaram mais de 7 mil comentários no post, grande parte criticando a postura da cantora. Na página oficial da Anitta no Facebook, foram publicadas fotos da artista com fãs no camarim. A reportagem entrou em contato com a assessoria da cantora e aguarda um posicionamento sobre o caso. Informações do Estado de Minas