Festival do Turismo Cultural da Baía de Todos-os-Santos une arte,
turismo e valorização cultural no Passeio Público de Salvador.

Iniciativa reúne representantes de 18 municípios em dois dias de feira, palestras, apresentações artísticas, rodadas de negócios, música, artesanato e gastronomia.

Ocupando mais de mil km² de área, a Baía de Todos-os-Santos (BTS) – nomeada em 1501 – abrange 18 municípios (AratuípeCachoeiraCandeiasItaparicaJaguaripeMadre de DeusMaragogipeMuniz FerreiraMuritibaNazaréSalinas das MargaridasSalvadorSanto AmaroSão FélixSão Francisco do CondeSaubaraSimões Filho, e Vera Cruz) e 56 ilhas, formando a maior baía do Brasil..

A imagem pode conter: 5 pessoas, incluindo Wellington Vieira e Gilmar Augusto Jesus, pessoas a sorrir, pessoas em pé, multidão e ar livreA imagem pode conter: Gilmar Augusto Jesus, a sorrir, em péA região se tornou muito mais do que um local de comércio, preservando um valioso patrimônio natural e acervo histórico-cultural do país, sendo ponto obrigatório na rota turística de quem visita Salvador.

Por todas essas características e visando impulsionar o turismo náutico e cultural, o Governo da Bahia e o Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID se juntaram para, através do Programa de Desenvolvimento do Turismo (PRODETUR BAHIA), realizarem investimentos expressivos na melhoria da infraestrutura náutica e na qualificação da oferta e gestão turística dos municípios.

A imagem pode conter: 5 pessoas, incluindo Gilmar Augusto Jesus e Wellington Vieira, pessoas a sorrir, pessoas em péAtuando por meio de diversos projetos, o PRODETUR BAHIA viabilizou capacitações, estudos e parcerias com grupos produtivos, comerciantes, empresários, artistas e lideranças dos 18 municípios, levando à identificação e qualificação de riquezas e singularidades naturais e culturais da região, que merecem ser amplamente divulgados e apresentados a todos os interessados.

Assim nasceu o Festival do Turismo Cultural da Baía de Todos-os-Santos, um evento demonstrativo da diversidade da BTS, que fortalece a relação entre o público de Salvador e o espaço que o cerca, celebrando as belezas naturais da baía, a pluralidade da produção cultural e a sabedoria do seu povo.

Marcado para os dias 30 de novembro (sábado) e 01 de dezembro (domingo), de 11 h às 19 h, no Passeio Público - Campo Grande, o Festival do Turismo Cultural BTS integra debates, painéis temáticos, exposições culturais, shows e estandes dos 18 municípios, tudo isso ornado com vista para a Baía de Todos-os-Santos, ocupando um espaço importante e simbólico para a arte e cultura baiana.

A imagem pode conter: 2 pessoas, incluindo Gilmar Augusto Jesus, pessoas a sorrir, pessoas em péCom uma programação rica e variada e adotando boas práticas da sustentabilidade como a neutralização do carbono, gestão responsável do lixo e engajamento de voluntários, o Festival do Turismo Cultural da BTS está organizado em 7 (sete) áreas de convivência:
o Núcleo de Conhecimento, que traz palestrantes especialistas em diferentes temáticas relacionadas ao turismo cultural e náutico, além de redes de cooperação e gestão sustentável dos destinos turísticos;
a Cozinha BTS, com a apresentação de receitas dos grupos produtivos ligados à Gastronomia;
o Território BTS, com estandes voltados para a feira de comercialização dos grupos produtivos e da oferta turística nos municípios;
a Tenda Manifestações, com a apresentação de expressões artísticas tradicionais da BTS;
o Espaço Conecte, propício para o relacionamento comercial entre empresários, fornecedores e grupos produtivos dos municípios;
o Quiosque Vivências, com oficinas de percussão e trançado de cabelo afro e outras manifestações culturais; e
a Área de Alimentação, com a presença de foodtrucks e quiosques com comidas regionais.

O Festival do Turismo Cultural da Baía de Todos-os-Santos traz à Salvador uma síntese da riqueza cultural e do potencial turístico existente na maior baía do Brasil, sendo um evento que busca valorizar os saberes e fazeres tradicionais, estimular o incremento do turismo náutico e cultural, e provocar discussões técnicas que promovam a reflexão sobre a competitividade e desenvolvimento do turismo sustentável na BTS.

Entre as atrações confirmadas no evento, estão:

  1. Samba de Roda Esmola Cantada da Ladeira da Cadeia, de Cachoeira (Manifestação Cultural);
  2. Maravilhas do Quilombo, de Cachoeira (Gastronomia);
  3. Mulheres de Axé do Recôncavo, de Cachoeira (Artesanato);
  4. Quilombolas ARTH, de São Félix (Artesanato);
  5. Associação Cultural Filhos de Nagô, de São Félix (Manifestação Cultural);
  6. Frutos da Terra Quilombola, de Muritiba (Gastronomia);
  7. Associação de Artesãs Nossa Arte, de Santo Amaro (Artesanato);
  8. Associação Beneficente Ilê Axé Ojú Onirê, de Santo Amaro (Artesanato);
  9. ACARBO, de Santo Amaro (Manifestação Cultural);
  10.  Maralegria, de Maragogipe (Manifestação Cultural);
  11. Sociedade Beneficente Ilê Alabaxé, de Maragogipe (Manifestação Cultural);
  12. Associação Cultural de Capoeira Mestres do Amanhã, de Nazaré (Manifestação Cultural);
  13. Casa de Farinha Roque Mario, de Nazaré (Gastronomia);
  14. Associação Cultural Os Guaranis, de Itaparica (Manifestação Cultural);
  15. Associação Sol Nascente, de Vera Cruz (Gastronomia);
  16. Associação de Arte e Cultura Quilombo Tereré, de Vera Cruz (Artesanato);
  17. ACBANTU, de Salvador (Artesanato);
  18. Vila Criativa, de Salvador (Artesanato);
  19. Botica Rhol, de Salvador (Artesanato);
  20. EbíWúrà, de Salvador (Artesanato);
  21. Ilê Axé Oxumarê - Casa de Oxumarê, de Salvador (Manifestação Cultural);
  22. Sociedade Recreativa e Cultural Afoxé Filhas de Gandhy, de Salvador (Manifestação Cultural);
  23.  Coletivos das Artes, de Simões Filho (Artesanato);
  24. Quilombo de Dandá, de Simões Filho (Gastronomia);
  25. Associação dos Amigos do Ilê Axé Oya Tolá, de Candeias (Artesanato);
  26. ASTRAF - Associação de Trabalhadores Rurais e Agricultores Familiares, de Candeias (Gastronomia);
  27. Casa do Artesanato, de São Francisco do Conde (Artesanato);
  28. Grupo Produtivo Lindroamor Axé, de São Francisco do Conde (Artesanato);
  29. As Paparutas da Ilha do Paty, de São Francisco do Conde (Manifestação Cultural);
  30. Associação dos Artesãos de Saubara, Saubara (Artesanato);
  31. Chegança dos Marujos Fragata Brasileira, de Saubara (Manifestação Cultural);
  32. COOMAS - Cooperativa das Mariscadeiras das Salinas da Margarida, de Salinas da Margarida (Gastronomia);
  33. Casa das Mariscadeiras, de Salinas da Margarida (Gastronomia);
  34. Escola de Artesanato Naval, de Jaguaripe (Artesanato);
  35. AAMOM - Associação de Auxílio Mútuo dos Oleiros de Maragogipinho, de Aratuípe (Artesanato);
  36. Banana Palha, de Muniz Ferreira (Artesanato).

O Festival do Turismo Cultural da Baía de Todos os Santos é uma realização do Governo da Bahia, através da Secretaria de Turismo – SETUR e do Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID, por meio do Programa de Desenvolvimento do Turismo Bahia (PRODETUR), com realização do Consórcio PAT BTS, constituído pelas empresas  DAVENTURA e GKS Inteligência Territorial.

Saiba mais em https://bit.ly/festivaldabts e siga nossas páginas no Facebook e Instragram: @programapatbts

Nenhum comentário