Ricardo Coutinho, ex-governador da Paraíba, é preso

Político é apontado pelo MP como chefe de de organização criminosa que desviou R$ 134 milhões na saúde e educação

[Ricardo Coutinho, ex-governador da Paraíba, é preso]
Foto : Junior Fernandes / Secom-PB
Por Juliana Rodrigues no dia 20 de Dezembro de 2019 ⋅ 
O ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho (PSB) foi preso no fim da noite de ontem (19), após desembarcar no Rio Grande do Norte, ao retornar de viagem à Europa. O político é um dos alvos da sétima fase da Operação Calvário, que investiga desvios de R$ 134,2 milhões na saúde e educação da Paraíba.
Ao desembarcar no aeroporto de Natal (RN), Coutinho já era aguardado por policiais federais, que o acompanharam até a sede da PF em João Pessoa (PB).
Ele é apontado pelo Ministério Público como chefe da suposta organização criminosa suspeita de desviar dinheiro público. O ex-governador era integrante do núcleo político da organização, que ainda se dividia em núcleos econômico, administrativo, financeiro e operacional. Coutinho nega as acusações.
Na Operação Calvário, 13 pessoas foram presas, sendo nove na Paraíba, duas no Rio Grande do Norte, uma no Rio de Janeiro e uma no Paraná. Outras quatro pessoas que são alvo de mandado de prisão preventiva seguem foragidas. Todos os 54 mandados de busca e apreensão foram cumpridos.

Nenhum comentário