Reitor exonera superintendente do Hospital das Clínicas e cita manobra para permanecer no cargo


Ex-diretor do Hospital Ana Nery ocupará cargo temporariamente




 O reitor da Universidade Federal da Bahia (UFBA), João Carlos Salles, solicitou a exoneração do atual superintendente do Hospital Universitário Professor Edgard Santos (Hupes), Antônio Carlos Lemos. Em ofício enviado ao presidente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), Osvaldo de Jesus Ferreira, o reitor pede a substituição temporária de Lemos por Francisco José Farias Borges dos Reis, ex-diretor do Hospital Ana Nery. Um processo de consulta para escolha do novo superintendente deverá ocorrer em breve.

No documento, o reitor cita relatórios que indicam "erros significativos de gestão" no Complexo Hupes, mas argumenta que a exoneração se baseia apenas em uma decisão do Conselho Universitário expedida em novembro do ano passado. O colegiado votou pela realização de uma nova consulta para o cargo de Superintendente e o atual titular do cargo "comprometeu-se, perante a administração central da UFBA e perante a EBSERH", a conduzir o processo com brevidade, "assegurando a todos aliás que não seria candidato". Porém, de acordo com o ofício, Lemos entrou com um processo na 6ª Vara Federal Cível para forçar sua permanência no cargo, desrespeitando a decisão do Conselho.

Durante a gestão de Lemos, foram registrados problemas de abastecimento de insumos e Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para realização de procedimentos e cirurgias no Hupes. Na última quinta (20), o superintendente convocou uma reunião com os funcionários para atualizá-los sobre o tema. A falta de EPIs foi um dos motivos para a adesão dos trabalhadores da unidade à paralisação nacional, convocada no último dia 13 e suspensa por decisão judicial. metrople